top of page

ANPC SE POSICIONA SOBRE O PLEITO ELEITORAL E CONVOCA ASSOCIADOS A IREM ÀS URNAS NO DIA 2 DE OUTUBRO

01 DE OUTUBRO DE 2022




A Associação Nacional dos Produtores de Cacau (ANPC) emitiu um posicionamento acerca das eleições estaduais que acontecem neste domingo, 2. Em defesa da cultura cacaueira, Vanuza Barroso, presidente da ANPC, ressaltou a importância do grupo defender e eleger candidatos que "levantem a bandeira do cacau dentro do Congresso".

“Queremos ressaltar que precisamos de mais deputados e senadores levantando a bandeira do cacau dentro do Congresso, para que a bancada seja apresentada, e que os projetos que sejam protocolados não passem de meros documentos engavetados. Neste pleito a Bahia, o Espírito Santo, o Pará, o Amazonas, o Mato Grosso, Rondônia, Ceará, Minas Gerais e outros estados apoiadores da cacauicultura precisam conquistar os 513 deputados e os 81 senadores que compõem o parlamento brasileiro", pediu Vanuza, que ainda ressaltou que o posicionamento político é secundário quanto aos objetivos da associação.

"Não nos interessa se eles são de direita, centro ou esquerda, nos interessa é que as portas dos seus gabinetes estejam abertas para o produtor e as sua vozes possam ecoar o nosso grito de socorro”, completou a presidente.

A ANPC, desde sua criação - em julho deste ano - vem agregando força política nos temas polêmicos para a defesa da cacauicultura. O enfrentamento para a derrubada da Instrução Normativa nº125; a luta pela aprovação integral da PL 4107 que fala da Política Nacional do Cacau; a PL1769 que trata do teor do cacau: os questionamentos sobre a IN1 e o Plano Safra; a batalha para que a ocorra a revitalização da Ceplac.

Além das melhorias econômicas e de fiscalização para a exportação e importação do cacau, a política de preço mínimo, o crédito e assistência técnica, entre outros temas que já ocuparam a pauta da associação.

Comentários


bottom of page